15/02/2011

DITADURA NO TRICOLOR ??? TAMBÉM ???



Amigo torcedor...




Até hoje eu pensava que o SÃO PAULO FUTEBOL CLUBE fosse um clube "diferenciado " dos demais politicamente falando, mas vejo que de forma mais que acelerada está se tornando igual à todos os outros.

A sede de poder está tomando conta de um clube que até bem pouco tempo atrás era tido como exemplo e tentavam copiá-lo como modelo.

À exemplo do que aconteceu recentemente no Corinthians com Alberto Dualib que enterrou o Timão inclusive o levando para a segunda divisão do Brasileirão entregando de mãos beijadas à um grupo de investidores que pouco se lixam para o clube, vejo que o exemplo que o SP sempre deu está sendo jogado na lata do lixo com o estatuto do clube sendo rasgado, onde ter "poder" é tudo para que se instale uma Ditadura com a atual diretoria se agarrando com unhas e dentes, não querendo deixar que pessoas novas assumam o clube.

O "continuísmo" nunca foi e nunca será salutar principalmente quando se trata de administração de um clube de futebol e com isso abre-se um precedente perigosíssimo, onde um "racha" é praticamente inevitável já que muitos se sentem incomodados com tal prática.

Diretores e conselheiros tendem a discutir e situação assim como oposição viverão em pé de guerra, tirando a paz de um clube onde isso acaba refletindo de forma direta no campo de jogo, com os atletas e comissão técnica sendo afetados diretamente.

Se perguntarem diretamente para muitos torcedores do São Paulo F.C se querem o "continuísmo" de Juvenal Juvêncio, a resposta virá em forma de críticas e aí teremos uma divisão muito grande de opiniões já apostando que qualquer que venha a ser um possível fracasso, a carga de responsabilidade recairá principalmente sobre a comissão técnica já que a corda sempre arrebenta no lado mais fraco dessa história que já estamos acostumados a ver como aconteceu nos grandes que adotam ou adotaram tal política.

Fico pensando aqui qual será a atitude dos "insatisfeitos" caso J.J venha a vencer as eleições presidenciais que começa a pegar fogo nos bastidores inclusive com ações liminares impetradas de ambos os lados.

Estaria o São Paulo F.C ficando parecido com os demais clubes e deixando de lado a tal Democracia que sempre imperou ao longo de sua história ?
Se está, porque será ?

Sendo assim, precisamos rever alguns conceitos sobre o que é uma verdadeira Democracia e questionar o porque determinados clubes impõe a velha Ditadura se dizem que ser presidente de clube grande não é tão importante assim já que não são cargos remunerados.

Com a palavra, os "envolvidos" que estão se esbarrando desde já nos bastidores e principalmente nos tribunais para assumirem o poder de um dos clubes mais importantes do Brasil que até bem pouco tempo atrás lavava-se as roupas sujas internamente e ninguém ficava sabendo o que se passava, sendo considerado como exemplo dentro e fora do pais.






Grande abraço à todos e até a próxima.

8 comentários:

Anônimo disse...

Só vou dizer uma coisa a diretoria do SP se "acorintianou" e ninguém prestou atenção nisso. Eu queria muito que o SP caísse pra qualquer divisão. Michel Iunes @iunes_633

sônia disse...

Marcello, eu tbm não concordo com a reeleição do JJ, mas dizer que o São Paulo se tornou igual aos outros já é d+, ainda mais se tratando do Corinthians.se o JJ conseguir se reeleger é pq não tem niguém competente pra fazer oposição a ele. ai sim devemos lamentar por não ter como escolher. cade os consekheiors do clube nessa hora? vc sabe do respeito e carinho que tenho por vc.parabéns pelo blog. bjs

Simone Fialho disse...

Espero que o melhor seja feito pelo meu SPFC, seja JJ ou qualquer outro. O que importa é manter a tradição e a qualidade! Não acho que podemos virar um "corinthians" da vida não, nosso time é bem superior a isso. E quanto ao comentário do "anônimo" , o time pode cair para outra divisão, mas jamais vai se vender ao ponto que chegou ao corinthians, sendo um time mais marketeiro e menos "raçudo" em campo. Só faltam colocar outdoors na testa dos jogadores....enfim...que seja feito o melhor! :)

Samantha Ruffolo disse...

Realmente é triste ver que o SPFC está com essa imagem na mídia e para os torcedores, mas temos que tomar cuidado com qq coisa que crie tendências, pois muitas vezes as coisas não são como parecem.
Sou totalmente contra a ditadura, e principalmente nos buracos que o estatuto tem, a ponto de permitir mudanças a favor daquele que a cria. Isso sim acho um grande perigo. Uma pessoa se sentir acima do bem e do mal é um problema.
Não creio que os conselheiros (que na sua maioria SÃO da situação e NÃO oposição) irão permitir que o time se afunde. Temos tradição. Muitas vezes já ouvi comparações do tipo: O São Paulo é como uma empresa muito bem organizada e não só um time de futebol. Por isso, acho que de uma forma ou de outra (com JJ ou sem ele) o peso da boa imagem prevalescerá!

Rodolpho Mendes disse...

Concordo. O Juvenal fez coisas benéficas ao São Paulo, mas isso de reeleger e rasgar o estatuto é algo que não pode acontecer. Isso quebra toda uma tradição que o clube consegiu ao longo dos anos. A essa hora Marcelo Portugal Gouvêa deve estar se revirando no túmulo com essas atitudes. Sou contra. Deve-se haver uma nova gerência no São Paulo. O "continuísmo" dentro do clube o torna normal demais. Espero que o bons ventos tragam alguém qualificado e que bata de frente com o JJ. Valeu, Marcello!!

Alexandre Marques disse...

O poder seduz, corrompe e cega.

JJ já deu sua contribuição ao Tricolor, mas agora chega, infelizmente ele se acha maior que o próprio São Paulo e acabará marcando sua história como o presidente do continuísmo.

Culpa? Da situação medrosa e da oposição omissa.

Quanto as comparações com os rivais, acho oportunistas, cada clube vive seus dilemas e problemas, o São Paulo não está se tornando esse ou aquele, é um clube, dirigido por homens que erram e acertam.

Quanto a torcida, deveria fazer um protesto e NÃO entrar no estádio, deixá-lo vazio mesmo e demonstrar que não quer o continuísmo de JJ.

No mais, e pra não me alongar, apenas digo que esses diretores passam, o São Paulo fica, é gigante, gigantes não se apequenam, mesmo com atos imorais e erados que possam acontecer, serão sempre gigantes.

Vamos São Paulo!

Parabéns Marcelo, por colocar o tema em discussão de maneira sensata.

Luana Bajester disse...

Acho que o Juvenal teve aulas com o Sr Dualib...
Porém, acredito que, mesmo com a reeleição, há um outro candidato para concorrer ao cargo, então, se o Juvenal for bom, todos votarão nele novamente, se ele for ruim, votarão no outro concorrente.

Adriano C. Tardoque disse...

Quando o aprendiz de déspota começou com as suas, eu publiquei em meu blog sobre o tema. E muitos seguidores abandonaram meu blog. Tá aí: violador de estatuto. #AbaixoJuvenal
http://tricolorforteegrande.blogspot.com/2010/08/pao-e-circo-no-sao-paulo-juvenal.html